Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
descubraonlinenovidades5

Como Criar Um Blog Para Teu Livro?


Como Se Aprontar Financeiramente Pra Empreender


Bom, nós imediatamente sabemos que existem milhões de web sites no Brasil, e mais de 60 milhões de pessoas os acessam todos os dias. É muita gente lendo blog e muita gente querendo virar blogueiro(a). Porém, tornar-se blogueira(o) e denominar-se deste jeito é muito descomplicado. A dificuldade a todo o momento vem em como sustentar esse quase “status” vamos assim contar. Muita gente acredita que desenvolver um blog é coisa descomplicado e não sabe o serviço que apresenta para mantê-lo.


Pro web site ter sucesso é necessário muita paciência e definição, e isso nós prontamente falamos neste local antes, na série “Como iniciar um blog”. Todavia hoje resolvi escrever uma das coisas mais interessantes que muitos blogueiros por aí não sabem ou simplesmente não entendem. É a etiqueta de boas maneiras e a política da boa vizinhança, itens muito respeitáveis no universo dos blogs. Ser autêntica a todo o momento - É preciso fazer a própria linguagem… Contudo “pelo amor de Deus”, não me chama de chuchuzinho, não!


     
  • Startup Farm Day - BH

  •  
  • O que você quer que as pessoas saibam a respeito teu setor

  •  
  • Fomenta os inbound hiperlinks, assim como os links internos

  •  
  • Quanto pequeno, melhor



Esse negócio de permanecer me chamando de bebê, chuchu, e por aí vai, não tá com nada. Você pode ser criativa de uma outra maneira. Que tal digitar um postagem radical, explicando da moda da data de 1920? Plágio, nem ao menos ponderar - Uma coisa muito feia é a cópia de artigos e fotos… e parece que isso está virando uma febre no mundo do website!


Você de fato descobre que, ao copiar os outros, irá se evidenciar por este mundo? Não, não vai. Desse jeito, por que você não tem a própria voz? Por esse espaço, você deve ter a própria voz, do mesmo jeito as próprias imagens! Parcerias - são muito comuns, montadas assim como entre as próprias blogueiras, e acho isso super legal. Seria uma troca recíproca, uma socorro a outra. Porém infelizmente tem muita gente “passando a perna” na outra.


Gente, que universo é este? Eu considero a “palavra de uma pessoa” uma das coisas mais consideráveis pela existência. Honre a sua Expressão! Construindo um círculo de amizades- O website não é apenas um recinto onde você expressa as suas considerações, entretanto bem como um ambiente onde você cria novas amizades… e, algumas vezes, amizades verdadeiras! Isso é um dos pontos que eu amo mais sobre o mundo do blog.


Construir um círculo de amigos. Entretanto esteja sempre aberto para receber outras pessoas deste círculo bem como. Já vi muito grupinhos fechados achando ser melhores do que os outros! Isso não tá com nada… É exatamente desse jeito que criamos a nossa comunidade aqui… Toda humanidade tem uma chance… Toda humanidade poderá participar, só depende de você!


Deixando o comentário - eu acredito que seria mais uma política da sensacional vizinhança. E acho horrível no momento em que o blogueiro(a) teve o maior serviço para fazer o post e não obteve nenhum comentário. Me segue aí, VAI! Uma das coisas que me importuna são as pessoas que mal leem o post, e deixam aquela mensagem básica e com vinte hiperlinks direcionados pro website dela. Não há nada de errado em relatar “olha, passei por aqui”… no entanto, que tal falar um tanto sobre o post primeiro, ao menos tenha a delicadeza de ler o postagem! Você podes ter certeza que diversos blogueiros irão regressar o favor sem você pedir. Verificação de palavras - São aquelas palavras que aparecem quando você quer conversar em um blog. Acho total perda de tempo… e todas de vez enquando que vejo isso, automaticamente vem à minha cabeça “arrrggghhhhh”.


Eu acabo dizendo de qualquer maneira, todavia não há dúvida perda de tempo. Discutir mal de pessoas - Este é o rumo mais horrível que um(a) blogueiro(a) pode percorrer… Recolher sarro, pronunciar-se mal, criticar, não tá com nada! Acredito sim pela crítica construtiva, pela avaliação pessoal, e lógico, sendo passado de modo correta. Todavia, tripudiar em cima dos outros, isso NUNCA!


Em razão de se a gente não fizer isto por nós ninguém vai fazer. HG - A gente adora “Que tiro foi esse”! Estamos adorando os filmes do povo caindo nos shoppings, em moradia, no hipermercado, e em tudo sempre que é ambiente. Por causa de você descobre que a música tá fazendo esse sucesso estrondoso? Jojo - Tem cada video que eu passo mal! Dado que é… eu estou em choque, estou sem palavras.


Acho que é porque é uma frase que a gente a todo o momento fala… que tiro foi este, viado? Eu encontrei que pegou muito rápido. Eu queria agradecer a o mundo inteiro que tá ouvindo. Eu não estaria onde estou se não fosse por eles. Sou muito muito obrigada aos meus toddynhos e minhas toddynhas por tudo.

Tags: blog

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl